quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Cromoterapia - a luz da vida


Cromo = cor
Terapia = tratamento


Ou seja, cromoterapia é o tratamento natural baseado na utilização da luz e das cores.


Segundo Mary Anderson, a cor ocupa grande parte de nossas vidas. A natureza nos proporciona constantemente variados matizes. Um brilhante céu azul pode elevar nosso espirito e um céu escuro e nublado podem fazer-nos sentir deprimidos e desenergizados.


A radiação solar traz alegria a muitos de nós. Cada estação do ano tem diferentes tons. Não preciso falar deles, todos tivemos contato com esses fatos segundo nosso ponto de vista. Quando o céu está claro à noite e a lua é cheia, muita gente se sente influenciada, favorável ou desfavoravelmente por isto.


Tudo tem um certa frequência de vibração e isto se aplica a todos os órgãos do corpo humano. Se ocorre quaquer desvio da vibração normal, tem-se um índice de que o órgão não está funcionando adequadamente.

A tarefa do terapeuta é localizar as vibrações defeituosas do corpo e restaurá-las à saúde normal.

Fadiga, tensão, estresse, medo e todas emoções negativas são prejudiciais, perturbando as vibrações saudáveis.

A cor é uma vibração pura e quando usada na tonalidade certa e focalizada no lugar certo, pode corrigir o problema e reconduzir o corpo à saúde.

É considerada a terapia menos invasiva utilizada atualmente.

Bem vindo ao mundo da luz!!

quarta-feira, 13 de abril de 2011

O caminho dos Chakras

Os chakras são vórtices energéticos, através dos quais os corpos bioenergéticos dos seres vivos absorvem energias do mundo exterior.
Nos vórtices (Chakras) estão registrados todas as lembranças, traumas, bloqueios e padrões mentais e emocionais condicionantes do passado. São as "glândulas dos sentimentos e dos pensamentos" e representam a personalidade, a maneira de ser e de se expressar no mundo.



video

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Os Chakras

Os chakras são vórtices energéticos, através dos quais os corpos bioenergéticos dos seres vivos absorvem energias do mundo exterior .
Nos vórtices (Chakras) estão registrados todas as lembranças, traumas, bloqueios e padrões mentais e emocionais condicionantes do passado. São as "glândulas dos sentimentos e dos pensamentos" e representam a personalidade, a maneira de ser e de se expressar no mundo.
Parte 1


Parte 2


Parte 3


sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Antibiótico Cromoterápico - Cicatrizando feridas...



Dentro da Cromoterapia, sempre passo aos meus alunos, uma informação que considero de grande importância. Existe um recurso onde utilizamos apenas 3 cores como um "antibiótico cromoterápico", muito eficaz nos tratamentos de feridas, machucados, terçol, conjuntivites, enfim.. qualquer problema de ordem infecciosa entre outros.
O verde, por sua ação antiséptica, o violeta por sua ação germicida e bactericida e concluindo com o azul que tem a função analgésica, formam um tratamento bastante eficaz nesses casos citados acima.
Penso que não seria justo não levar ao conhecimento do público, tratamentos tão simples, que podem de alguma forma contribuirem para saúde e bem-estar.

Lembre-se sempre, a cromoterapia trata-se de uma terapia complementar, não dispensando a importância de se consultar um médico.

Segue abaixo, o depoimento de uma aluna, Sandra Petris, que gentilmente descreveu sua experiência com a cromoterapia... texto repassado na íntegra.
Realmente, um caso emocionante e digno de muito respeito.

Sandra Baptista - cromoterapeuta, acupunturista e terapeuta floral.

Cicatrizando feridas...
Sou aluna da Profa. Sandra Baptista, e no ano de 2010, fiz com ela o curso de Cromoterapia, e quando estudamos as cores verde, violeta e azul, ela comentara que esse é um tratamento ótimo para fechar aquelas feridas, do tipo úlcera, que são redondas e com o passar do tempo, elas abrem cada vez mais... isso chamou-me especial atenção, pois, minha avó paterna, sofreu durante 40 anos de sua vida com isso, nunca encontrando a cura para o caso, resultando dor e sofrimento para ela e para todos que com ela conviviam, e fiquei com essa informação na minha mente, pensando como poderia ter ajudado-a se tivéssemos contato com essa maravilhosa terapia.
Tão logo terminei o curso, confeccionei uma lanterna e fui trabalhar com o mundo das cores.
Todas as segundas feiras fazemos um trabalho voluntário num centro espírita na cidade de Joinville - SC, e no atendimento fraterno chega até mim um homem de 40 anos, que há muito tempo sofria com duas feridas no pé, na região do tornozelo, igual àquelas da minha avó, pasmem, no primeiro dia em que atenderia com a cromoterapia.
Ele queixava-se de dor e mais ainda, da dor de não poder trabalhar, pois, seu trabalho exige uso de botas, o que o impossibilita de exercer sua atividade. Logo em seguida o encaminhei para as terapias de reiki e entrei com a cromoterapia, usando o verde, violeta e azul. Em quatro sessões o homem estava com um dos ferimentos fechado já e o outro que era maior, em vias de... ele muito emocionado, ajoelha-se na minha frente, beija minhas mãos e agradece a cura, deixando-me totalmente extasiada e feliz por dois motivos: o primeiro por tê-lo proporcionado a possibilidade da cicatrização do ferimento que há anos buscava solução na medicina convencional sem sucesso, o segundo, porque imediatamente naquela hora, senti que o carma familiar que havia se formado por conta daquele sofrimento da minha avó havia se dissolvido, e pude ter a certeza de que se isso ocasionava algum impedimento para a sua evolução no mundo espiritual, naquele momento isso tudo se dissipava, libertando o passado e o futuro dessa dor que desde criança eu pude presenciar, e sofrer na presença de meu pai que a ajudava a curar e limpar suas feridas que nunca se fecharam.
Quero agradecer à Deus a ao Universo por ter me dado essa oportunidade do contato com a luz e com as cores, e especialmente à minha amada Mestra Sandra Baptista, que me conduziu por esse caminho tão lindo e hoje posso ajudar tantas pessoas...
Paz e Luz a todos
Sandra Regina Petris

Sobre a autora:
Sandra Petris, pedagoga, terapeuta complementar, especializada em Reiki, florais de Bach e Cromoterapia. Joinville- SC- Brasil

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

As propriedades do Verde



Contribuição: Sandra Petris

Cromoterapia: Usando as cores para despertar a cura em nós

Como podemos observar, durante esta jornada que estamos fazendo com o Poder de Cura do Limão, já passamos por vários caminhos. Passamos inicialmente pela Terapia do Limão, os Sucos Desintoxicantes, as receitas para uso interno e externo, no preparo dos alimentos, em Florais e com o aroma do seu óleo essencial.

Não ficam margens para dúvidas: Este alimento é fantástico!

Para fechar este ciclo, vamos falar do poder de cura da cor verde e verde limão, através da Cromoterapia. Como a Cromoterapia funciona?

Para obtermos esse contato com as cores, podemos empregá-las na decoração, com quadros, tapeçarias, cortinas, flores e objetos. Devem ser colocadas numa posição estratégica, em local que olhamos com freqüência.

A cor da pintura dos nossos ambientes, do nosso vestuário, dos nossos alimentos também fazem parte de uma estratégia terapêutica.

Ou através da iluminação colorida, com o foco direcionado para onde estamos lendo ou escrevendo.

Além do contato óptico com as cores, outra maneira muito eficaz é através da mente, usando nossa imaginação para visualizações coloridas. Se imaginar em meio a paisagens verdes, vales, montanhas, florestas, gramados e canteiros de flores...

O verde é a cor média do espectro da luz, sendo portanto a cor do equilíbrio e da harmonia dos corpos físico, mental e emocional. Possui efeito calmante, refrescante e suavizante em todo o organismo, agindo como regenerador e balanceador dos órgãos e sistemas. Normaliza as funções de todas as glândulas, sendo estimulador da pituitária, que é responsável pelo bom funcionamento das demais glândulas.

De natureza tônica, exerce influência no desempenho do coração e no suprimento do sangue. Reduz a tensão dos vasos sangüíneos, diminui a pressão do sangue e regula a pressão arterial.

É um calmante do sistema nervoso, principalmente do simpático. Por agir como sedativo desse sistema, ajuda nos casos de irritação, insônia e esgotamento.

Favorece na formação e construção dos ossos, dos músculos e dos tecidos, sendo portanto, considerado um produtor ósseo, muscular e dos tecidos das células desses sistemas.

Age como dilatador dos vasos capilares, que são as ramificações finais das artérias e arteríolas. É na parede dos capilares que se efetuam as trocas gasosas e nutritivas entre o sangue e os demais tecidos.

Tem propriedade anti-séptica, bactericida, germicida e desinfetante.

O pesquisador Theo Gimbel constatou que: "a luz verde pode influenciar e, por assim dizer, dissolver as células das criaturas vivas". Pela capacidade que a cor verde tem de alterar a estrutura bioquímica e facilitar a decomposição molecular, ela é bastante útil no tratamento do câncer, como também é benéfica para o processo digestivo. O verde facilita a digestão por agir na decomposição molecular dos alimentos.

O verde é fundamental para o tratamento do estresse. Como cor predominante da natureza, faz-nos sentir um grande bem estar ao termos contato com ele nos campos. Mas seu uso contínuo pode causar estagnação.

É uma cor que permite o mínimo de atividade, facilitando a fixação no lugar. Tanto permite o movimento, quanto a posição estática. É o perfeito equilíbrio entre a atividade e a passividade. O verde traz e mantém sensivelmente o equilíbrio, não sendo por isso uma cor recomendada para os momentos em que necessitamos de super estímulo ou de profundo relaxamento.

O verde é a cor do Chacra Cardíaco, onde são tratadas as doenças do coração, sangue e sistema circulatório. É o raio que governa não apenas o coração físico, como também as emoções. É importante observarmos que as doenças cardíacas originam-se nos níveis emocionais e são causadas por alguma repressão ou inversão dos sentimentos.

Aspectos Psicológicos do Verde - No aspecto psicológico o verde é a energia da juventude, crescimento físico, fertilidade e da esperança de vida nova. Desperta a necessidade de uma diretriz sólida, promovendo a segurança.

O verde dá uma sensação de renovação, vida nova e proporciona frescor e brilho, algo como um início de primavera.

Permite a serenidade psíquica e equilibra os pensamentos. Forma um campo neutro que permite fazer as avaliações mentais de circunstâncias, eventos e até julgamentos. Porém, pode manter o indivíduo num estado de indecisão, pelo seu estímulo psíquico, aumentando o raciocínio amplo, que não possui praticidade suficiente para tomar decisões.

Aspectos Emocionais do Verde - O verde é um grande estabilizador emocional. Sua força equilibradora exerce importante função no corpo emocional. Age como calmante emocional, amenizando as perturbações dessa origem e ajudando a remover os medos.

Permite uma compreensão maior da vida e do mundo. É a cor que estabelece o elo de ligação do "espírito" com o mundo físico.

Alimentos de Cor Verde -Todas as hortaliças (folhas verdes) e frutas de casca ou pele verde, entre elas o nosso famoso limão. Assim, sucos verdes com limão podem fazer parte de um trabalho terapêutico com a Cromoterapia, trazendo todos os benefícios aqui descritos somados aos do limão.

Roupa Verde - O uso de roupa nas tonalidades de verde é recomendado porque permite a condição interna de um julgamento claro, dando toda a estrutura e suporte de equilíbrio para esse julgamento. Porém, não tem o impulso necessário para uma decisão efetiva, pois apesar de criar uma atmosfera propícia para uma ampla análise da situação, não é uma cor que induza a uma definição ou ação.

Roupas nas tonalidades verde são recomendadas para pessoas hiperativas, pois permite que este estado se mantenha por mais tempo, sem causar estresse.

Por ser uma cor que atrai bens materiais e oportunidades é indicada para ser usada quando se procura empregos. É a cor do dinheiro, sucesso e prosperidade. Por isso, seu uso torna-se útil nas realizações de negócios.

O Verde na Decoração - Ajuda a manter a proporção exata do ambiente. Torna o espaço estático, letárgico, insípido, vazio e neutro. Não promove vitalidade nem ajuda no relaxamento.

Seu uso é ideal em quintais e paredes externas, salas de cirurgia e ambientes leves. Ideal para pessoas de mente madura. Não é recomendado na maioria das áreas de estar, salas de estudo e dormitórios. Nos escritórios ou qualquer área de trabalho, o verde prejudica no dinamismo necessário para a maioria dos segmentos empresariais.

Trata-se de uma cor de passagem e não de permanência. A iluminação verde tende a causar perda de memória.

O Verde Simboliza - Vida nova, energia, fertilidade e crescimento. O termo verde significa jovem e inexperiente.

Verde Limão - É uma tonalidade muito usada na cromoterapia. É a mistura do amarelo claro com o verde claro, que são ambos purificadores, potencializando a mistura. Seu uso é importante para facilitar o organismo a expelir as células mortas e os resíduos mórbidos como o catarro.

Possui efeito rejuvenescedor quando elimina toxinas. Efeito laxante. Estimulante cerebral, sendo muito útil nos casos de imbecilidade. É importante observarmos que o fósforo e o enxofre estimulam o cérebro, e ambos se encontram na cor verde limão.

O fósforo está presente nos ossos, sendo sua vibração na cor verde limão. Isso faz com que esta cor desempenhe importante ajuda no crescimento, como também é o maior fortificante ósseo entre todas as cores.

É um excelente complemento no tratamento do câncer. O uso da cor verde limão é imprescindível em quaisquer condições crônicas, pois tem efeito antiácido sobre o metabolismo.

O verde limão é uma cor que ativa a glândula timo, exercendo assim controle sobre o crescimento.

Este texto faz parte do livro O Poder de Cura do Limão.

Conceição Trucom

Seja bem- vindo ao Mundo da Luz!